Filme sobre Michael Jackson que chocou Sundance enfurece família do cantor

Documentário causou grande polêmica por detalhar abusos que teriam sido cometidos contra crianças

Documentário Leaving Neverland, sobre os supostos abusos sexuais cometidos por Michael Jackson. Foto: Reprodução

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (28), a família do cantor Michael Jackson disse estar “enfurecida” com “Leaving Neverland”, documentário de quatro horas de duração dirigido por Dan Reed. O polêmico filme foi exibido na última sexta-feira (25) no Festival de Cinema de Sundance, nos Estados Unidos, e deixou a plateia chocada com novas revelações sobre as denúncias de abuso sexual e pedofilia contra o cantor.

Em seu pronunciamento, a família considerou a produção um “linchamento público” e disse que o cantor é um “alvo fácil”. Os parentes reforçaram ainda que, antes de sua morte, Michael havia sido amplamente investigado, inclusive com uma revista no Rancho Neverland – de sua propriedade, na Califórnia -, e um julgamento criminal vinculado a outro adolescente, do qual foi absolvido. A íntegra do comunicado está traduzida abaixo.

A sinopse do documentário traz a seguinte descrição: “No auge do seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados sexualmente por Jackson e como eles chegaram a um acordo anos depois”. Entre os depoimentos, estão os de Wade Robson e James Safechuck, os garotos mencionados, e de suas famílias. “Leaving Neverland” estreará na HBO no final deste ano.

Reação
O que mais chocou os críticos que assistiram ao filme em sua primeira exibição foi o nível de evidências e material que o documentário exibe. Entre os depoimentos mais angustiantes, está o de que Jackson fazia os dois garotos abaixarem as calças e morderem seus mamilos enquanto ele se masturbava, além de forçar sexo oral.

Em outro trecho, Wade Robson descreve quartos secretos do rancho de Neverland onde os abusos ocorriam e que Michael Jackson chegou a encenar uma cerimônia de casamento com ele em um desses cômodos. Ao final da exibição, muitos fãs do rei do Pop também se manifestaram, com faixas e cartazes em apoio ao cantor.

Jackson foi alvo de múltiplas denúncias de abuso sexual infantil durante a sua vida. Chegou a ser absolvido em 2005, mas o artista pagou 15 milhões de dólares em 1994 em um acordo judicial por acusações relacionadas a outra criança.

Leia abaixo o comunicado na íntegra:

“Michael Jackson é nosso irmão e filho. Estamos furiosos com o fato de que a mídia, mesmo sem qualquer prova ou evidência física, tenha preferido a palavra de dois mentirosos assumidos sobre à de centenas de famílias e amigos ao redor do mundo que passaram algum tempo com Michael, muitos em Neverland, e partilharam de sua generosidade e bondade lendária. Estamos orgulhosos do que Michael Jackson representa.
As pessoas sempre gostaram de ir atrás de Michael. Ele era um alvo fácil porque ele era único. Mas Michael foi submetido a uma investigação completa, que incluiu uma invasão surpresa de Neverland e outras propriedades, bem como um julgamento no qual Michael foi considerado COMPLETAMENTE INOCENTE. Nunca houve uma prova de nada. No entanto, a mídia está ansiosa para acreditar nessas mentiras.
Michael sempre dava a outra face, e sempre demos a outra face quando as pessoas foram atrás de membros da nossa família – esse é o ‘jeito Jackson’ de ser. Mas nós não podemos ficar parados enquanto este linchamento público continua, e os rumores de abutres e outros que nunca conheceram Michael vão atrás dele. Michael não está aqui para se defender, caso contrário, essas alegações não teriam sido feitas.
Os criadores deste filme não estavam interessados na verdade. Eles nunca entrevistaram uma alma sequer que conhecesse Michael, exceto os dois mentirosos e suas famílias. Isso não é jornalismo, e não é justo, mas a mídia está perpetuando essas histórias.
Mas a verdade está do nosso lado. Vá fazer sua pesquisa sobre esses oportunistas. Os fatos não mentem, as pessoas o fazem. Michael Jackson foi e sempre será 100% inocente dessas falsas alegações.
A família Jackson

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.