Escritor goiano Walacy Neto rompe a fronteira do Estado ao participar da Balada Literária em SP

Idealizado por Marcelino Freire, o evento recebeu autores de diversos cantos do Brasil

Yago Rodrigues Alvim

Escritor, Marcelino Freire, além de perambular pelos diversos cantos do Brasil, ministrando oficinas de escrita literária – parte do projeto Quebras, da dupla Marcelino e Jorge Filholini –, teve a ideia de reunir cronistas, contistas, poetas e demais escritores que encontrou no caminho. De 18 a 22 de novembro, o centro Cultural B_arco, em Sampa, foi palco da Balada Literária. O poeta goiano Walacy Neto, que tem realizado sarais literários pelo coletivo Zé Ninguém, comandou, no espaço Plínio Marcos, mais um encontro a fim de declamar poesias.

Ex-repórter do Jornal Opção, Walacy tem desbravado novas possibilidades de expandir seu trabalho, assim como outros escritores, também novatos no cenário nacional, caso de Eliseu Braga, de Porto Velho, que visitou pela primeira vez a região Sudeste. De Macapá (AP), Herbert Manuel e sua esposa Adriana Abreu levaram para Sampa sua poesia.  Na cidade amapaense, diversos grupos de poetas tem se destacado. Demais escritores de Vitória, Teresina e Aracaju viajaram para Balada Literária. Dentre eles, os autores distantes do eixo Rio-SP que deram vida ao livro “Quebras – Uma Viagem Literária pelo Brasil”, lançado pelo selo Edith.

Na ocasião, o cantor Chico César apresentou seu novo álbum, o intitulado “Estado de Poesia”, no Auditório Ibirapuera. O show abriu o evento, que teve fim com uma mesa de cinema e literatura que recebeu ninguém menos que a homenageada da Balada, Suzana Amaral. A cineasta bateu um papo com as escritoras e roteiristas Luciana Miranda Penna, Lucimar Mutarelli e Gisele Mirabai. A Balada celebrou seus dez anos em 2015.

Uma resposta para “Escritor goiano Walacy Neto rompe a fronteira do Estado ao participar da Balada Literária em SP”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.