Conselhos (para quem não quer morrer)

Reprodução/Tumblr

Reprodução/Tumblr

Nesta Terça Poética, caro leitor, você escuta os conselhos da poeta e artista plástica Antonia Paula Ribeiro, que integra a Associação Goiana de Artistas Visuais (AGAV). Originalmente, o poema foi publicado na antologia “Literatura Goyaz”, de 2015, organizada por Adalberto de Queiroz. Quer participar do “Terça Poética”, um projeto que borda de poesia suas tardes modorrentas de terça-feira? É só enviar seus poemas para o e-mail [email protected] Eis “Conselhos (para quem não quer morrer)”.

Antonia de Paula Ribeiro

Escolhe um vestido
Antigo
Do tempo em que foi feliz
E vê se te cabe agora.
Vê se aquela que foi
(quem sabe) muito charmosa
Não continua bonita
Procure por ela no espelho
Dos olhos
Que ainda brilham
(esqueça as rugas de agora)
Olhe! Reconheça
A alegria menina
Que nunca saiu de lá
Na face que esqueceu
Porque se deixou apagar
Descubra o sorriso solto
A languidez descuidada
Gestos e passos de dança
Que a fizeram tão linda
Em dias e noites atrás
Não morra antes da morte!
Não arraste o seu caixão!
Não tranque sua janela
Não durma de roupa velha
Não economize paixão
Não deixe de desejar
Não procure esconderijos
E tenha todo o tempo do mundo
Pra procurar-se em baús!

Uma resposta para “Conselhos (para quem não quer morrer)”

  1. Uêba! Mais uma poetisa que faz parte do grupo Literatura Goyaz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.