Confidência

Reprodução/Tumblr

Reprodução/Tumblr

Nesta Terça Poética, caro leitor, você desvenda os segredos de Avram Ascot, que divide sua “Confidência”. Pseudônimo de Abrahão Costa de Freitas, autor do livro “Acontecências” (2015), o paulista Avram é professor, tradutor e escritor, além de membro do grupo Literatura Goyaz. Quer participar do um projeto “Terça Poética”, que versa suas tardes de terça-feira? É só enviar-nos seus poemas por meio do e-mail rodriguesalvim@live.com. Eis o poema “Confidência”!

Avram Ascot

Meus gestos guardam na economia
Os secretos códigos da cautela
Os alardes que outrora fiz
Vazaram num mar de sequelas
Que pouco a pouco fez minguar
O ímpeto de meus estardalhaços

Os vestígios de quem fui
Há muito já se foram
Esta contida euforia
É o quanto restou
Dos indícios de um sonho
Que um dia foi possível
E hoje é apenas
A hipótese do invisível

Uma resposta para “Confidência”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.