Balangandãs: uma homenagem de Débora di Sá à Pequena Notável Carmen Miranda

Débora apresenta os maiores sucessos de Carmen, entre eles “O que que a baiana tem”, “Disseram que voltei Americanizada” e “Chica Chica Boom Chic”

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Acompanhada pelo violonista Ney Couteiro e pelo percussionista Diego Amaral, a cantora Débora di Sá apresenta o show “Balangandãs”, uma homenagem à Pequena Notável Carmen Miranda, na noite da terça-feira, 25, no Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás (CCUFG). Baseado em pesquisas e seguindo a uma ordem cronológica, Débora apresenta os maiores sucessos de Carmen Miranda, entre eles “O que que a baiana tem”, “Disseram que voltei Americanizada”, “Chica Chica Boom Chic”, dentre outros.

O show é dividido em três partes. A primeira, intitulada “O que que a baiana tem?”, representado pelo típico figurino de baiana, mostra as canções gravadas por Carmen antes da sua ida aos EUA. “South American Way”, segunda parte, representa a fase em que Carmen vai para os EUA e se transforma em sucesso absoluto e a sua volta ao Brasil, quando é estigmatizada pela crítica brasileira. Por fim, “Aquarela do Brasil”, representado pelo figurino dourado, que marca a volta de Carmen aos EUA, onde permaneceu até a sua morte.

Serviço
Balangandãs com Débora di Sá
Data: 25 de agosto
Horário: 20h
Local: CCUFG
Ingressos: R$20, a inteira

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.