Íris

Reprodução/Tumblr

Reprodução/Tumblr

Na Terça Poética de hoje, caro leitor, você se depara com a Íris de Cynthia Borges. Atriz, ela já se amostrou no Opção Cultural; veio beija-flor no desafio narrativo “100 contos de até 100 caracteres para celebrar o Dia da Literatura Brasileira”, publicação de maio de 2015. Quer participar do projeto “Terça Poética”, que versa suas tardes modorrentas de terça-feira? É só enviar-nos seus poemas, através do e-mail rodriguesalvim@live.com. Ei-la “Íris”!

Cynthia Borges

não olha assim pra mim
qu’eu não sou real

abandona o hábito
de alma bailarina
qu’eu só quero ver o sol

quando você olhar
você dentro de mim

não invada os cantos escuros
não abra as janelas defronte pro céu
não coma a última sobremesa
não sorri e não deseja

cicatriza-se em palavra
e apenas goze de sermos nós

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.