O município de Goiânia terá 1.350 novas árvores em substituição a 90 exemplares retirados na Avenida Goiás, entre a Praça Cívica e a Avenida Independência, conforme autorização da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), em atendimento a Termo de Compromisso Ambiental (TCA).

O TCA foi assinado com a empresa que administra as obras do Bus Rapid Transit (BRT), e determina que as 1.350 mudas de árvores devem ser plantadas na Avenida Goiás e em locais de influência da obra, como vias adjacentes.

Para cada árvore retirada no trecho, outras 15 serão plantadas na região. Além disso, até fevereiro de 2023, a empresa que administra a obra fará plantio de 5 mil mudas por mês, o que totalizará 26 mil para cumprimento do acordo firmado.

As ações já começaram no início do mês de outubro, no Residencial Senador Albino Boaventura, com 2.275 mil mudas plantadas em local onde a Amma autuou e desapropriou, em julho, invasores que realizavam plantio e comercializavam mandiocas.

Na Avenida Goiás, o novo plantio será feito na medida em que as obras de cada um dos três trechos entre a Praça Cívica e a Avenida Independência, no Centro, forem concluídos.

O objetivo da Amma é garantir que a arborização da cidade seja impactada o menos possível, assegurando o plantio e manutenção. Em 2021, foram plantadas mais de 60 mil árvores no projeto Arborizagyn.

A Companhia Municipal de Urbanização de Goiânia (Comurg) foi contratada pela empresa que administra as obras, e será a executora das retiradas e dos novos plantios, além da irrigação e cuidados no desenvolvimento das mudas plantadas.