O Governo de Goiás passa a fornecer passagem de ônibus de ida e volta para entrevistas de emprego, incentivo que será direcionado a pessoas em situação de vulnerabilidade. Nessa primeira etapa do projeto, executado via Goiás Social e Secretaria da Retomada, serão disponibilizadas 1,5 mil passagens por mês, que vão garantir a cada beneficiado o deslocamento para cinco oportunidades de trabalho.

As passagens serão distribuídas durante ação de Ouvidoria Social, que é a busca ativa por famílias que precisam das políticas assistenciais do Estado. Nessas visitas em que são entregues cestas básicas e outros produtos de primeira necessidade, a equipe do Goiás Social faz também uma triagem com o objetivo de encontrar uma vaga de emprego para os adultos que desejam trabalhar.

“Ao mesmo tempo em que não queremos deixar nenhum goiano que vive em vulnerabilidade sem assistência do governo, estamos agindo para emancipar essas pessoas, de forma que elas possam trabalhar e ter autonomia para cuidar de suas famílias”, explica a primeira-dama Gracinha Caiado, coordenadora do Goiás Social, programa do Gabinete de Políticas Sociais do Governo de Goiás.

Secretário da Retomada, César Moura conta que a dificuldade de pagar o transporte para chegar a uma empresa com vaga de emprego é real e trava a empregabilidade justamente de quem mais precisa, que é o grupo em vulnerabilidade social. “Como a geração de emprego é a principal política de assistência defendida pelo governador Ronaldo Caiado, estamos quebrando mais essa barreira para garantir renda para as famílias”, frisa o secretário.