A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovou em definitivo o aumento do limite dos empréstimos consignados em folha de pagamento. A votação aconteceu durante sessão híbrida desta terça-feira, 29. O índice passará de 30 para 35%. A iniciativa deve beneficiar 160 mil servidores, incluindo militares, ativos e inativos, além de pensionistas do Executivo estadual.

A proposta, que propõe alterações na Lei nº 16.898/2010, foi encaminhada pela Governadoria. Apesar disso, na Casa haviam projetos com a mesma finalidade elaborados pelos deputados Amauri Ribeiro (UB), Delegado Eduardo Prado (PL), Karlos Cabral (PSB) e Lêda Borges (PSDB). No entanto, não avançaram por ser matéria de competência exclusiva do governo estadual.

“O governador Ronaldo Caiado (UB), assim que soube da situação, fez, imediatamente, um mesmo projeto, sem que houvesse o vício de origem, para que pudesse ser apreciado pela Casa o mais breve possível”, destacou Ribeiro. Agora, o texto segue para a sanção do governador.