A Prefeitura de Goiânia disponibiliza palestras para funcionários de bares e restaurantes sobre os protocolos para auxiliar vítimas de assédio em bares, restaurantes, boates e casas de shows. O serviço foi apresentado pela titular da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), Kátia Hyodo, nessa quinta-feira, 9, a representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Goiás (Abrasel).

Segundo a gestora, as palestras são totalmente gratuitas e podem ser solicitadas pelas empresas e por organizações pelo telefone (62) 3524-2934. “Nessas rodas de conversa orientamos os trabalhadores para que tenham condições de identificar possíveis situações de violência e possam intervir de forma segura. O objetivo é apoiar as vítimas para que elas possam denunciar todo o tipo de violência”, acrescentou Kátia Hyodo.

A reunião ocorreu na sede da Secretaria da Mulher e contou com a presença do presidente da Abrasel, Danillo Ramos, que garantiu que a associação seguirá apoiando a realização de campanhas de conscientização de enfrentamento à violência contra mulheres. “Vamos informar nossos associados sobre as palestras e incentivar a capacitação desses profissionais”, destacou.

Políticas de proteção às mulheres

Durante a reunião, que também contou com a presença do assessor jurídico da associação, Gustavo Afonso, a secretária Kátia Hyodo lembrou que em janeiro deste ano o prefeito Rogério sancionou a Lei Municipal Nº 10.887/23, que determina bares e restaurantes a oferecerem ajuda para mulheres em situação de violência.

“Neste caso, é obrigatório que os estabelecimentos afixem cartazes em locais de circulação e banheiros com orientações de como proceder com possíveis episódios de violência e com o número do Disque 180, além de disponibilizar formação para os funcionários”, finalizou a secretária.