O locutor esportivo Edson Rodrigues morreu nesta quinta-feira, 26, aos 79 anos. Diversas autoridades políticas manifestaram pesar pela perda e solidariedade aos familiares e amigos daquele que é considerado o Pelé das narrações esportivas em Goiás.

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) destacou que, ao lado da primeira-dama Gracinha Caiado, recebeu com tristeza a notícia da morte. Caiado destacou que Edson Rodrigues emocionou torcedores e narrou milhares de gols.

O senador Jorge Kajuru (PSB) também lamentou. Ele conviveu por vários anos ao lado de Edson na crônica esportiva goiana. Em tom de solidariedade, o parlamentar publicou em suas redes sociais que o cronista esportivo “não morreu, apenas foi dormir com Deus!”

O senador Vanderlan Cardoso (PSD) disse que a morte de Edson Rodrigues deixará um vácuo insuperável na comunicação goiana.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), destacou que Edson Rodrigues é um dos “principais nomes da narração esportiva do nosso país”. O prefeito disse que recebeu Edson Rodrigues em seu gabinete em julho do ano passado.

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Vilmar Mariano (Patriota), na sua mensagem de pesar, disse que se lembrava de Edson desde que quando vendia “radinhos de pilha” no Serra Dourada.