Com 62 bilionários, o Brasil ocupa a 8ª posição do ranking que lista os países com mais bilionários no mundo. É o que revela um estudo divulgado pela plataforma de cupons CupomValido com dados da Forbes e Statista sobre o número de bilionários pelo planeta.

No total existem 2.668 bilionários no mundo. E os Estados Unidos é país de principal destaque, com 735 bilionários, o que representa mais de 27% do total de bilionários.

Ao considerar as top 10 pessoas mais ricas do mundo, os Estados Unidos também segue na liderança, sendo 8 norte-americanos.

Os Ganhadores e os Perdedores

Em comparação com o ano anterior, o Brasil perdeu 3 bilionários. A Índia foi o país que mais ganhou, com um aumento de 26 bilionários. Já a China foi o país que mais perdeu do ranking, com uma diminuição de 87 bilionários. Um dos principais motivos, foi a política restritiva de covid zero, que afetou sinoticamente a cadeia de suprimentos e manufatura.

Os mais ricos do Brasil

O Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil, com uma fortuna estimada de $15,4 bilhões de dólares. A principal origem de sua fortuna é proveniente da empresa de bebidas, Ambev (atual AB InBev, após fusão).

Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, também sócios da AB InBev, ocupam a 3ª e a 5ª posição do ranking, respectivamente.

Em 2ª posição, está o Eduardo Saverin, um dos cofundadores do Facebook junto ao Mark Zuckerberg em 2004.

Jorge Neval Moll Filho, o fundador da Rede D’Or, está em 4ª posição do ranking.

Joseph Safra foi o fundador do Banco Safra, e após seu falecimento, deixou a herança com sua família, que ocupa a 6ª posição.

Ainda estão no ranking dos top 10: Lucia Maggi (cofundadora da Amaggi), Andre Esteves (sócio do BTG), Alexandre Behring (cofundador da 3G Capital) e Luciano Hang (fundador da Havan).