A Secretaria de Estado da Retomada do Governo de Goiás, junto ao Sesc Goiás, divulgou nesta segunda-feira, 12, os selecionados do edital Claque Retomada Cultural da etapa de Goiânia. Ao todo, na capital goiana, foram selecionadas 424 apresentações que terão um investimento de R$ 3,9 milhões.

Foram selecionados 41 candidatos para música solo; 36 para duos ou trios; 51 grupos musicais ou banda; 80 propostas de trabalhos audiovisuais; 43 de literatura; 81 de artes visuais; 17 de artes cênicas com mais de quatro integrantes; 29 grupos de artes cênicas de até quatro integrantes; e 46 de artes cênicas solo. A lista com os detalhes completos dos aprovados está disponível no site da Secretaria

Segundo o secretário da Retomada, César Moura, a iniciativa é uma ferramenta importante para estimular o cenário cultural goiano, mas ainda possui outras vantagens. “O Claque Retomada Cultural tem papel relevante na movimentação econômica em vários setores ligados à cultura”, afirmou o diretor.  

Já Marcelo Baiocchi, presidente do sistema Fecomércio, Sesc e Senac, contou como surgiu a ideia durante a pandemia da Covid-19. “Vimos as dificuldades que os artistas estavam passando pela falta de eventos e contratação, foi quando definimos um projeto com 600 artistas se apresentando de maneira online, em 2021. Os milhões que estamos colocando aqui são pouco perto do que a cultura merece. O investimento é fundamental para a preservação da nossa história”, explicou o gestor.

Ao todo, o projeto terá um investimento de R$ 20 milhões, com R$ 15 milhões do Tesouro Estadual e o restante destinado pelo Sesc Goiás. A entidade ainda irá cuidar da curadoria, contratação de estrutura física para realização das apresentações, fora a seleção e pagamento dos artistas. 

A iniciativa terá apresentações presenciais além da capital, em Rio Verde, Luziânia, Jaraguá, Posse, São Miguel do Araguaia, Itumbiara e cidade de Goiás.