Começa hoje, 4, a segunda etapa do projeto O Claque – Retomada Cultural. Durante todo mês de janeiro, goianienses poderão prestigiar os trabalhos dos artistas goianos. As atividades contemplarão música, teatro, dança, artes visuais, audiovisual e mais. É uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Retomada, e do Serviço Social do Comércio (Sesc Goiás). Entre as atrações, será possível contar com shows de Pedro Braga, Luiz Chaffin, Front Jr, Amauri, Pádua, Maria Eugênia, Projeto Supernova, DJ Oluás, dentre outros.

Em dezembro, na primeira etapa do polo Goiânia, mais de 90 propostas artísticas foram apresentadas. Desta vez, mais de 300 apresentações estão previstas para acontecer; e em janeiro o projeto também chega aos polos do interior goiano. Visando o fortalecimento do cenário artístico e promover a retomada cultural, estão sendo investidos mais de R$20 milhões no projeto. A programação está disponível no Sympla, onde também é possível retirar os ingressos gratuitamente.

O presidente do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac Goiás, Marcelo Baiocchi, comentou a importância do projeto, que tem como objetivo a valorização da classe artística goiana. “Em 2023 daremos continuidade no Claque, o maior projeto de retomada cultural do estado. Nesta edição, com a parceria com o Governo de Goiás, esperamos movimentar o setor artístico, a economia e o turismo”, disse.

Para o diretor regional do Sesc-Senac, Leopoldo Veiga Jardim, o Claque cumpre com a missão do Sesc, que é democratizar a arte. “Vamos levar atividades culturais, gratuitas, para todo o estado. É uma forma de valorizar os artistas e aproximar a população do setor cultural”, afirmou.

Para o secretário da Retomada, César Moura, um dos principais pontos de destaque do Claque Retomada Cultural é envolver toda a rede de trabalho em torno das apresentações. “Além de fomentar a cultura com o pagamento de cachês aos artistas das mais diversas expressões, movimentamos a economia por meio dos prestadores de serviços e ainda estimulamos o hábito de acompanhar eventos culturais”, comenta.

Polos do interior
Além de Goiânia, retomada artística do Estado de Goiás também estará presente em mais sete municípios goianos, são eles: Rio Verde, Luziânia, Jaraguá, Posse, São Miguel do Araguaia, Itumbiara e Cidade de Goiás. O resultado do edital está previsto para ser divulgado na sexta-feira, 6.