Embora pouco conhecida no Brasil, a poeta e tradutora Laura Wittner é a primeira atração confirmada para participar da Flip – Festa Literária Internacional de Paraty, que ocorrerá de 22 a 26 de novembro. Sua prática literária abrange múltiplas facetas, já que ela é tradutora, poetisa, crítica e professora. O livro de poemas intitulado “Tradução da Estrada” marca sua estreia no Brasil, publicado pelo Círculo de Poemas (Luna Parque – Fósforo). Além disso, seu ensaio sobre tradução, intitulado “Se Vive e Se Traduz”, será lançado em novembro, durante o evento da Festa, pela editora Bazar do Tempo.

A poesia de Wittner revela a importância do cotidiano, que serve não apenas como um meio direto de alcançar uma intimidade profunda, mas também se torna uma forma de traduzir as relações que os sentimentos criam. Laura mostra que o dia a dia está em constante mudança e que realidades são sempre provisórias. Essa transitoriedade está profundamente conectada à arte contemporânea e à escrita das mulheres, em que o exterior e o interior estão em busca de surpresa.

Laura Wittner nasceu em Buenos Aires, em 1967, e é graduada em Letras pela Universidade de Buenos Aires. Atualmente, coordena oficinas de poesia e tradução, além de trabalhar como tradutora literária para várias editoras. Entre suas obras, destacam-se “Lugares donde una no está” [poemas 1996-2016] (2017), “Se Vive e Se Traduce” (2021), um extenso ensaio sobre tradução, e livros infantis. Ela também é conhecida por suas traduções de autores como Katherine Mansfield, James Schuyler e Leonard Cohen.

Quando é a Flip 2023?

Neste ano, a Festa Festa Literária Internacional de Paraty acontece entre os dias 22, 23, 24, 25 e 26 de novembro. A edição da Flip em 2023 homenageará Pagu.

Leia mais: Escritora Patrícia Galvão, a Pagu, é a homenageada da Flip 2023