Lincoln Oliveira

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) suspendeu a venda, o uso e a distribuição de preservativos masculinos da fabricante Blowtex, após falha em teste de segurança. A decisão foi anunciada na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira, 23.

Os modelos afetados por esta determinação são Blowtex Zero e Blowtex Sensitive Super Aloe Vera, nos testes cometidos os modelos apresentaram maior risco de ruptura durante o ato sexual para os produtos com mais de três anos de fabricação, mesmo que tenham sido produzidos com prazo de validade de cinco anos.

Confira a nota publicada no site oficial:
*Esteja ciente de que alguns lotes de nossos preservativos Blowtex Zero e Blowtex Sensitive Super Aloe Vera têm data de validade incorreta.
*Esses lotes foram inicialmente produzidos com prazo de validade de 5 anos a partir da data de fabricação. Testes laboratoriais recentes indicaram que pode haver um risco maior de ruptura para preservativos com mais de 3 anos de fabricação.
*Entretanto , com qualquer preservativo, se você este romper, você deve tomar precauções adicionais para reduzir a chance de gravidez ou de infecções sexualmente transmissíveis.”