O chefe da Casa Civil do governo de Rodrigo Rollemberg (PSB), Sérgio Sampaio, avalia que somente após uns três governos “muito austeros” o Distrito Federal poderá equilibrar suas contas.