A abstenção seria mínima e o eleitor daria à sua manifestação a importância que não é atribuída por quem vota obrigatoriamente

O Brasil precisa acabar com o mito de que o voto obrigatório seja o ideal, pois, se fosse facultativo, a qualidade iria crescer muito.

Em primeiro lugar, a abstenção seria mínima. E o eleitor daria à sua manifestação a importância que não é atribuída por quem vota obrigatoriamente.