Valia a pena voar pela Varig nos seus bons tempos. O serviço era ótimo e até a alimentação a bordo de primeira qualidade

Os jovens de hoje não sabem avaliar o quanto era bom a opção de, há alguns anos, voar pela Varig. Essa companhia aérea brasileira foi fundada em 1927, no Rio Grande do Sul, pelo alemão Otto Meyer, e depois teve como grande condutor Ruben Berta.

Valia a pena voar pela Varig nos seus bons tempos. O serviço era ótimo e até a alimentação a bordo de primeira qualidade.

Os brasileiros sentiam-se a qualidade também, no exterior, quando necessitavam de algum serviço das agências da Varig. A de Nova York, por exemplo, tinha um endereço nobre na Quinta Avenida, junto ao Rockefeller Center e em frente à catedral de São Patrício.

Em Goiânia, houve dois gerentes que se identificaram muito com a cidade, Zulmito Michielon e Marcelo Bottini.