Marquinhos Marques
Marquinhos Marques

GDF anuncia corte de ponto de servidores que aderirem à greve geral

O Governo do Distrito Federal anunciou que vai cortar o ponto dos servidores que cruzarem os braços durante a greve geral convocada para esta sexta-feira (28/4). De acordo com o GDF, a decisão está em cumprimento da Lei Greve (nº 7.783/89).

Atos contra as propostas da Reforma Trabalhista e da Previdência vão acontecer durante todo o dia. No Setor Comercial Sul, dois atos estão marcados para às 8 horas. Outras categorias se reúnem entre a Torre de TV e a Funarte, no mesmo horário. Às 10 horas, o Detran promove assembleia em sua sede, próximo ao Palácio do Buriti.

Veja os serviços que serão afetados pela greve geral nesta sexta:

Transporte

Os Sindicatos dos Rodoviários e dos Metroviários do Distrito Federal (SindMetrô/DF) já confirmaram adesão à paralisação nacional. Durante toda sexta-feira, não haverá circulação de ônibus e metrô.

Bancos

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Brasília (SEEBB-DF) também decidiu aderir ao movimento, o que acarreta na suspensão dos serviços dos bancos do DF.

Saúde

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Brasília (SindSaúde-DF) confirma quarta (26/4) quais serviços serão suspensos durante a greve geral.

Educação

Os servidores da rede pública de educação, que terminaram recentemente uma greve de 29 dias, confirmaram adesão ao movimento. Na rede particular, algumas escolas também participam da greve: Sigma, Marista Champagnat, Marista João Paulo II e Carmen Salles. Professores da UnB também decidiram pela adesão.

Detran

Sindicato dos Trabalhadores em Atividades de Trânsito, Policiamento e Fiscalização de Trânsito das Empresas e Autarquias (Sindetran-DF) informaram que as atividades serão suspensas a partir de quinta (27/4).

Polícia Civil

O sindicato informou que os servidores vão aderir à mobilização a partir das 9h30 desta sexta.

CEB

A categoria, que também resolveu pela paralisação, vai fazer protesto no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

Judiciário

O Sindjus-DF já anunciou que vai cruzar os braços e que se reunirá em frente ao Congresso Nacional, a partir das 9h.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.