Marquinhos Marques
Marquinhos Marques

2 mil cartões de Passe Livre Estudantil são identificados por biometria facial no DF

Foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília

Em menos de dois meses de testes da biometria facial em dez ônibus da linha 110 — que faz o trajeto circular Rodoviária-Universidade de Brasília (UnB) —, o governo de Brasília identificou o uso irregular de 2 mil cartões de Passe Livre Estudantil.

A quantidade representa mais de 11% dos 17.574 usuários que utilizaram o cartão nesses veículos no mesmo período. Até agora, 1,3 mil titulares de cartões foram notificados e estão com o benefício suspenso. O bloqueio ocorre dez dias após a notificação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.