Cezar Santos

Presidente negro, sim, já tivemos

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa tem sido sondado para disputar a Presid├¬ncia da Rep├║blica. J├í foi procurado por v├írios partidos, mas se mostra relutante, tipo ÔÇ£sem querer querendoÔÇØ. Na semana passada, um grupo de artistas tentou convenc├¬-lo a mudar de ideia.

Barbosa continuou relutante, alegou que n├úo tem recursos pr├│prios ou um financiador para fazer uma campanha. E em determinado momento, tocou na quest├úo racial e questionou: ÔÇ£Ser├í que o Brasil est├í preparado para ter um presidente negro?ÔÇØ

Barbosa mostrou desconhecimento da história brasileira. Não era um negro retinto, digamos, mas o País teve um presidente mulato, Nilo Peçanha (1867-1924), de origem po­bre, filho de padeiro. As redes sociais não perdoaram na ironia fina.

Uma resposta para “Presidente negro, sim, j├í tivemos”

  1. Laura Felipeto disse:

    o Nilo Peçanha não foi eleito para presidência, e sim para a vice presidência do BR, porém o presidente da época faleceu antes de concluir o mandato, então Nilo assumiu, e ficou somente para o fim do mandato.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.