Márcio M. Cunha
Márcio M. Cunha

Leon Deniz sofre impugnação de candidatura

As certidões polêmicas sobre a situação de débito do advogado Leon Deniz com a OAB-MG

As certidões polêmicas sobre a situação de débito do advogado Leon Deniz com a OAB-MG

Um dos líderes da chapa OAB que Queremos, do candidato Lúcio Flávio de Paiva, o advogado Leon Deniz foi impugnado por estar em débito com a Ordem em Minas Gerais. Entretanto, ele – que é candidato ao Conselho Federal nas próximas eleições da OAB-GO – se defende apresentando uma certidão de quitação do dia 29 de outubro; todavia, havia outra certidão, também da OAB/MG, do dia 28 de outubro, onde constatava-se o débito das anuidades de 2009, 2012 a 2014. O provimento das eleições da advocacia prevê que a data final para pagamento de dívidas no sistema OAB se encerra no dia de inscrição da chapa.

O caso com certeza vai ter mais capítulos, pois a secretária-geral da OAB de Minas — que emitiu duas certidões, em tese, conflitantes — comandou reunião no escritório de debates do candidato Lúcio Flávio, no dia 22 de setembro de 2015, conforme consta aqui. A ligação entre o candidato e a secretária-geral que emitiu as duas certidões é inegável, conquanto o mais metediço seja o fato de que, em tese, a segunda certidão poderia beneficiar o candidato Leon Deniz. Entretanto, se for observada a parte final da certidão, a mesma diz que a baixa se deu em 28 de outubro, enquanto o prazo era na data da inscrição da chapa, ou por algumas interpretações, seria pelo menos 30 dias antes do pleito.

Procurado para esclarecimentos a respeito das dúvidas geradas, Leon Deniz não atendeu as ligações até o fechamento da coluna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.