Hélio Rocha
Hélio Rocha

Porque Mauro Borges comprou fazenda

Com herança da mulher, adquiriu terra em Corumbá. A propriedade hoje é do empresário e ex-senador Eunício Oliveira

Não obstante ser filho do construtor de Goiânia, o ex-governador Mauro Borges não possuía imóvel na cidade quando deixou a carreira militar. Ele alugou um pequeno sobrado nas proximidades da Catedral metropolitana.

A sua mulher, Maria de Lourdes, que era gaúcha, recebeu uma herança e quis investir o dinheiro na compra de lotes em Goiânia. O sogro, Pedro Ludovico, pediu que ela não comprasse esses lotes. Então Mauro resolveu investir em fazenda e comprou uma no município de Corumbá de Goiás.

Maria de Lourdes Estivalett e Mauro Borges | Foto: Reprodução

Mauro precisou de água e levou um engenheiro especializado para consegui-la, mas não conseguiu.  Mauro foi visitado na fazenda por um fazendeiro do município, Anísio Ludovico, que tinha esse sobrenome mas não era parente dele. Comentou o caso de água.

Anísio disse que voltaria no dia seguinte, pedindo a Mauro que lhe arrumasse uns três trabalhadores que ele iria ver a situação. Conseguiu localizar a água.

Essa fazenda foi vendida e o comprador acabou repassando-a ao atual proprietário, que talvez seja hoje o maior latifundiário de Goiás, o ex-senador pelo Ceará Eunício Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.