Hélio Rocha
Hélio Rocha

Goiânia era uma cidade muito segura

Entre as décadas de 1950 e 1960, era possível andar pelo Centro à noite e na madrugada sem correr risco de ser assaltado

Recentemente, comentei nesta coluna como o Rio, hoje tão violento, era seguro na década de 1960. Goiânia era cidade seguríssima nas décadas de 1950 e 1960.

Um exemplo: quando eu estava com cerca de 16 anos, um amigo que estudava no Colégio Grambery, na cidade de Pires do Rio, organizou lá um jogo de futebol para um time que eu e uns amigos havíamos montado.

Fomos pela Estrada de Ferro Goiás. Tínhamos de estar às cinco da manhã na estação ferroviária, na Praça do Trabalhador. Fui a pé, levando uma mala, pouco depois das   quatro. Sem correr nenhum risco.

Namorados que não possuíam carro voltavam de bailes do Jóquei Clube, a pé, já de madrugada, sem risco algum. Pessoas iam aos cinemas, na segunda sessão noturna, que terminavam quase meia noite, sem qualquer temor.

Entre as décadas de 1950 e 1960, era possível andar pelo Centro à noite e na madrugada sem correr risco de ser assaltado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.