A jornalista é apontada por ex-colegas como uma profissional “altamente competente”. Ela teria ensinado a vários repórteres como funciona o jornalismo televisual

Vereador Elias Vaz com a jornalista Marizete Correntino

A TV Anhanguera demitiu na quarta-feira, 23, a jornalista Marizete Correntino, coordenadora do Interior.

Com 40 anos de Grupo Jaime Câmara, Marizete Correntino foi editora do “Jornal Anhanguera 2ª Edição” e editora do “Jornal do Campo” (foi sua criadora). “Fará falta”, afirma uma legião de ex-colegas. “Muita falta”, acrescenta um ex-editor.

O Jornal Opção ouviu seis pessoas do meio televisual e todas foram unânimes: é, seguramente, uma das profissionais mais competentes na área de televisão. “É extremamente séria e íntegra”, afirma um ex-editor.

Marizete Correntino ensinou dezenas de jornalistas a fazer reportagens e a entender o meio televisão. “Marizete sabe fazer televisão e sabe ensinar”, afirma um ex-colega. Profissionais do interior são gratos às orientações seguras e precisas.

Com pouco mais de 60 anos, Marizete Correntino é uma pioneira da TV Anhanguera, ao lado de Jackson Abrão e José Divino. Ela já estava aposentada, mas, dada a competência, havia sido mantida na equipe.