Euler de França Belém
Euler de França Belém

Tribunal de Justiça manda Paulo Henrique Amorim pagar 50 mil reais a Merval Pereira

O TJ do Rio de Janeiro manteve a condenação do editor do blog Conversa Afiada, que chamou o profissional da Globo de “jornalista bandido”

Foto: Reprodução

Paulo Henrique Amorim | Foto: Reprodução

Paulo Henrique Amorim provavelmente se tornará o jornalista brasileiro a pagar mais indenizações àqueles que supostamente destrata. O editor do blog Conversa Afiada, no qual publica críticas contundentes a jornalistas e políticos — sobretudo se forem críticos do PT —, já perdeu algumas ações judiciais e foi compelido a indenizar aqueles que havia criticado de maneira acerba. Agora, foi condenado, numa ação cível (por ofensa), a pagar indenização ao jornalista Merval Pereira, do Grupo Globo. Ou melhor, a condenação foi mantida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Merval Pereira 4567

Anteriormente, Paulo Henrique Amorim havia sido condenado por um juiz, por ter chamado Merval Pereira (foto ao lado) de “jornalista bandido”, a um mês e dez dias de prisão. Depois, a Justiça converteu a pena numa indenização de 30 salários mínimos. O Tribunal de Justiça manteve a sentença e o jornalista terá de pagar 50 mil reais ao colega de profissão. Mas o editor do Conversa Afiada ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

O juiz que condenou Paulo Henrique Amorim escreveu na sentença: “É evidente a intenção ofensiva do requerido, vez que compara o autor a um bandido, equiparando-se ao ditado: ‘diga-me com quem andas e eu te direi quem és’. (…) Não há que se falar em censura, como quer fazer crer o requerido, mas, sim, da liberdade de expressão em seu mais amplo aspecto, sendo certo que, quem fala o que quer, ouve o que não quer, ou melhor, arca com a possibilidade de sofrer um processo por danos morais”. O Tribunal de Justiça concordou com o julgamento.

Uma resposta para “Tribunal de Justiça manda Paulo Henrique Amorim pagar 50 mil reais a Merval Pereira”

  1. Arca de Noe disse:

    Apologia ao golpe não é crime. Apologia ao terrorismo econômico e o desastre do desemprego e que a nação brasileira está falida não é crime. Insinuar que só um lado tem honestos e que na verdade todos os lados tem bandidos isso e um fato, mas quem reverbera tal situação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.