Euler de França Belém
Euler de França Belém

Toni Morrison lança um conto de fadas moderno

Harold Bloom admite a qualidade literária da prosa da escritora americana, mas lamenta seu tom discursivo

Divulgação

Toni Morrison, autora de “A Canção de Solomon” e “Amada”, provoca uma reação estranha em Harold Bloom. O crítico literário admite que se trata de uma escritora do primeiro time, mas rejeita seu “feminismo”. Mas tal feminismo prejudica mesmo sua literatura? Nadica. Aqui e ali, há um tom discursivo. Mas a autora excepcional supera o engajamento — que não é um mal em si, desde que elaborado e não seja mera pregação — e escreve alta literatura (Joyce Carol Oates, Don DeLillo e Richard Ford são seus pares na prosa americana atual). Ela está de volta às livrarias patropis com “Deus Ajude Essa Criança” (Companhia das Letras, 168 páginas, tradução de José Rubens Siqueira). A editora apresenta o livro como “um conto de fadas moderno”.

Sinopse da editora

Toni Morrison: Prêmio Nobel de Literatura

“Neste conto de fadas moderno, a vencedora do Nobel Toni Morrison transforma em alta literatura a temática do racismo na infância e da influência de um trauma antigo na vida de um adulto.

“Lula Ann Bridewell, ou simplesmente Bride, como prefere ser chamada, é uma jovem cuja pele escura foi motivo de desgosto dos pais desde seu nascimento. ‘Não levou mais de uma hora depois que tiraram a criança do meio das minhas pernas pra perceberem que tinha alguma coisa errada. Muito errada. Ela era tão preta que me assustou’, diz Mel, a mãe de Bride, de pele mais clara.

“Abandonada pelo marido, que a culpa pela cor da filha, Mel é incapaz de lhe devotar amor, e sua rudeza com Bride denota a um só tempo a decepção que sente e a preocupação com seu futuro. ‘A cor dela é uma cruz que ela vai carregar pra sempre.’

“Criada sem amor por uma mãe que se recusava a reconhecer a própria existência da filha, Bride tenta reivindicar o amor materno contando uma mentira que culmina na prisão de uma mulher inocente. Anos mais tarde, depois de aprender sozinha a se sentir confortável com a própria aparência e de se tornar uma funcionária bem-sucedida da indústria de cosméticos, Bride procura reparar os danos causados pela sua invenção. Neste poderoso romance, Morrison procura responder a uma difícil pergunta: o que fazer com o erro cometido por uma criança, quando ele foi motivado por uma força contra a qual ela era incapaz de lutar? Curto e contundente, ‘Deus Ajude Essa Criança’ é uma leitura mais essencial do que nunca.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.