Euler de França Belém
Euler de França Belém

Suspeito de mandar jornalista paraguaio é preso no Mato Grosso Sul

A Polícia Federal prendeu o ex-prefeito de Ipehú Vilmar “Neneco” Acosta (foto acima) no Mato Grosso do Sul, no Brasil, nesta semana. Ele é o principal acusado do assassinato do jornalista Pablo Medina e a estagiária Antonia. O repórter havia publicado várias reportagens conectando traficantes de drogas com políticos paraguaios.

O paraguaio Vilmar Acosta foi denunciado pelo Ministério Público como autor intelectual do assassinato. Ele deverá responder judicialmente também por produção e tráfico de maconha. Seu irmão, Wilson Acosta, e um sobrinho, Flávio Acosta, foram denunciados como autores materiais do crime. Eles estão foragidos.

Deixe um comentário