Euler de França Belém
Euler de França Belém

Sai listão dos cantores e compositores que mais ganharam dinheiro com direitos autorais em 2015

Bruno Caliman, que teve músicas gravadas por Bruno e Marrone, é o campeão absoluto, seguido de Anderson Freire e Roberto Carlos. O goiano Zezé Di Camargo aparece na lista

Bruno Caliman compositor bruno-caliman-autor-de-camaro-amarelo-domingo-de-manha-e-outros-hits-1422635121258_956x500

O baiano Bruno Caliman (acima), de 39 anos e um ás da música sertaneja, foi o compositor brasileiro que mais ganhou dinheiro com direitos autorais em 2015, revela o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), na categoria Rádio. Caliman já teve músicas gravadas por Gusttavo Lima, Luan Santana e pelos goianos Bruno & Marrone. Ele é apontado como um dos maiores fenômenos da música sertaneja. É uma espécie de rei Midas do ramo. Raramente erra mão, dizem compositores sertanejos.

Anderson Freire1

O cantor e compositor gospel Anderson Freire (acima) ficou em segundo lugar, à frente do cantor e compositor Roberto Carlos.

Sorocaba é cantor sorocaba

Sorocaba (acima), da dupla com Fernando, ficou em quarto lugar, à frente de Nando Reis, ex-Titã. Erasmo Carlos, um dos mais importantes parceiros de Roberto Carlos, foi o sétimo colocado em faturamento. Quatro nomes mais cults, além de Nando Reis, são Caetano Veloso (14º), Lulu Santos (15º), Djavan (16º) e Herbert Viana (19º).

A crise não atingiu tanto o setor (de execução pública de músicas). O Ecad distribuiu R$ 771.702 milhões para 155.399 compositores, intérpretes, músicos, editores e produtores fonográficos.

O listão do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição/Rádio

1 – Bruno Caliman

2 – Anderson Freire

3 – Roberto Carlos

4 – Sorocaba

5 – Nando Reis

6 – Victor Chaves

7 – Erasmo Carlos

8 – Umberto Tavares

9 – Marília Mendonça

10 – Juliano Tchula

11 – Cesar Augusto

12 – Jeferson Junior

13 – Solange de Cesar

14 – Caetano Veloso

15 – Lulu Santos

16 – Djavan

17 – Ray

18 – Zezé Di Camargo

19 – Herbert Vianna

20 – Paula Fernandes

6 respostas para “Sai listão dos cantores e compositores que mais ganharam dinheiro com direitos autorais em 2015”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    ECAD é um assombro. Minha loja foi interpelada pelo fiscal e agora sou obrigado a pagar mensalmente uma taxa de recolhimento de direitos autorais. Como o ECAD distribui direitoa autoral, se eu não passo a ele a set list do som ambiente? E se passasse, como iriam atestar? E se eu fizer uma set list com obras de domínio público e/ou abertas de direito autoral, heim?

    Caixa pretíssima. Transparência zero. E chateadíssimo ao saber que esta taxa que pago vai parar no bolso de… compositor de sertanejo e gospel. É insultante, acho os ritmos um lixo, uma indigência musical, nunca prestigiaria este tipo de música ordinária, mas entretanto… Olha aí o ECAD os premiando.

    E eles tem a petulância em dizer que protegem os músicos. Considero seriamente tirar o som ambiente da loja pra não pagar mais para que sertanejos sejam incentivados a compor mais coisas que falem obscenidades que mal usar a língua portuguesa (Tchu-tchá-tchu-tchu-tchá!) usam.

  2. Avatar Insano disse:

    Eu acho um absurdo as pessoas não darem a menor importância a quem compõe e toca. Impressiona a ignorância ‘das pessoa’ e sua veneração por quem berra ao microfone! E pior que quem berra é incapaz de dizer ‘Ôh Mulambada, esta música foi composta por fulano de tal, beltrano e etc..’! Na lista do ECAD não figuram compositores como Michael Sullivan e Paulo Massadas, que praticamente, compôs tudo que a Xuxa gravou ! Por que não dizer sobre o finado Fernando Brandt, Vitor Martins que ao lado de Ivan Lins, que a patuleia do Funk ignora, Aldir Blanc ,Cristóvão Bastos, Ronaldo Bôscoli, Belchior e tantos outros nomes que tornaram famosos milhares de cantores, alguns horríveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.