Euler de França Belém
Euler de França Belém

“Policial” sugere que PF e Interpol investiguem grupos religiosos radicais que “militam” em Goiás

Uma pessoa que se identificou como policial sugere que o Jornal Opção recomende à Polícia Federal e à Interpol uma investigação de grupos religiosos radicais que estariam atuando na cidade de Trindade, a poucos quilômetros de Goiânia.

Segundo o suposto policial, religiosos de origem árabe estariam atuando em Goiás, com extrema desenvoltura, e sugerindo que lutar contra Israel e Estados Unidos, além de lícito, é, política e religiosamente, fundamental. Ele afirma que não estranharia se o garoto de 18 anos, K. L. R. G., preso ao tentar cruzar a fronteira da Bulgária com a Turquia, tiver ligações com os religiosos baseados em Goiás. O jovem manteria ligações com o Estado Islâmico e seria terrorista. Ele é de Formosa, no Entorno do Distrito Federal.

Os religiosos de Trindade, segundo o “policial”, teriam ligações com a Síria e o Líbano. “Mas é óbvio que nem todos defendem o terrorismo”, afirma.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.