Euler de França Belém
Euler de França Belém

Poemas de Hannah Arendt sairão no Brasil pela Editora Relicário

Daniel Arelli é o tradutor da poesia da filósofa alemã. O livro sai no primeiro semestre de 2020

Certo: Hannah Arendt não era nenhuma Emily Dickinson ou T. S. Eliot. Era filósofa e, como tal, pensava e escrevia muito bem — com uma clareza que supera, de longe, a alta filosofia alemã (tão densa quanto complicada). Mas, sim, a autora de “A Condição Humana” escreveu poesia, e de relativa qualidade (assim como Walter Benjamin, filósofo alemão que ela admirava). Poemas de sua autoria podem ser lidos em português em biografias. Agora, informa Maria Fernanda Rodrigues, na coluna “Babel”, do “Estadão”, sua criação artística sairá no Brasil pela Editora Relicário.

A editora Piper Verlag publicou, em 2016, uma coletânea com 71 poemas de Hannah Arendt — “Eu Mesma, Também Eu Danço”.  “A Relicário acaba de comprar os direitos da obra e prevê o lançamento de uma edição bilíngue, com tradução de Daniel Arelli, para o primeiro semestre de 2020. Os poemas, escritos entre 1942 e 1961, contemplam diferentes etapas de sua vida — dos anos de formação ao exílio nos EUA”, informa a colunista de “O Estado de S. Paulo”.

Leia mais sobre a Hannah Arendt poeta:

Hannah Arendt, filósofa notável, escreveu poesia. Uma sobre Walter Benjamin

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.