Marcelo Mariano
Marcelo Mariano

Papua-Nova Guiné bane Facebook por um mês para combater pornografia e fake news

Anúncio foi feito pelo ministro das Comunicações do país asiático

Um dos fundadores do Facebook, Mark Zuckerberg | Foto: David Paul Morris/Bloomberg/Getty Images

O ministro das Comunicações de Papua-Nova Guiné, Sam Basil, anunciou que os cidadãos do país asiático ficarão sem acesso ao Facebook por quatro semanas. A medida, segundo ele, tem o objetivo de combater a disseminação de pornografia e notícias falsas, as chamadas fake news.

“Este tempo vai nos permitir coletar informação a fim de identificar, filtrar e excluir usuários que se escondem por trás de perfis falsos, postam pornografia e informações falsas no Facebook”, disse Basil, que sugeriu ainda a criação de uma rede social própria de Papua-Nova Guiné.

O Facebook divulgou que entrou em contato com o governo local para entender suas preocupações.

Deixe um comentário