Marcelo Mariano
Marcelo Mariano

Os 10 livros mais vendidos pela Saraiva em 2019

Com dívida de R$ 674 milhões, a livraria, que pediu recuperação judicial, tenta sobreviver no mercado

Fotos: Divulgação

A livraria Saraiva, com uma dívida de R$ 674 milhões, já entrou com pedido de recuperação judicial, fechou 19 unidades Brasil afora e demitiu 700 funcionários. A estimativa da empresa é de pagar o que deve em até dois anos — missão considerada difícil, mas fechar as portas é pior.

Na última semana, a Saraiva divulgou os dez livros mais vendidos em 2018, mas não informou a quantidade de exemplares comercializados. Na lista, aprecem principalmente títulos de autoajuda e de youtubers.

Confira:

  • “A Sutil Arte de Ligar o Foda-se” (Intrínseca), de Mark Manson
  • “As Aventuras na Netoland com Luccas Neto” (Nova Fronteira), de Luccas Neto
  • “O Poder da Autorresponsabilidade — a Ferramenta Comprovada que Gera Alta Perfomance e Resultados em Pouco Tempo” (Gente), de Paulo Vieira
  • “O Milagre da Manhã” (Record), de Hal Elrod
  • “Seja Foda!” (Buzz Editora Ltda.), de Caio Carneiro
  • “O Poder da Ação” (Gente), de Paulo Vieira
  • “Felipe Neto — A Vida por Trás das Câmeras” (Nova Fronteira), de Felipe Neto
  • “Textos Cruéis Demais para Serem Lidos Rapidamente“ (Globo), de Igor Pires da Silva
  • ”O Poder do Hábito” (Companhia das Letras), de Charles Duhigg
  • “Propósito — A Coragem de Ser Quem Somos” (Sextante), de Sri Prem Baba

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Aparecido

Ler é algo que pode transformar pessoas em cidadãos mais conscientes. Os livros são oportunidades para as pessoas pensarem melhor. Um bom livro chama-se A Inteligência da Complexidade, de Edgar Morin