Elder Dias
Elder Dias

O “segredo” de William Waack para dar uma aula ao explicar o acidente da cantora

À frente das câmeras da CNN Brasil, o veterano jornalista foi didático em nuances técnicas sobre o cenário da tragédia

William Waack: experiência e conhecimento técnico pela própria qualificação profissional fizeram a diferença na cobertura | Foto: Reprodução

A grande imprensa, em geral, cobriu de forma digna e correta a tragédia com a cantora Marília Mendonça e os demais quatro ocupantes do avião que caiu, na sexta-feira, 5, perto da pista de Caratinga (MG), onde ela faria um show naquela noite. O único senão ficou por conta da “barriga” (notícia equivocada) publicada por grande parte dos veículos logo após a informação da queda, dando conta de que todos teriam sido resgatados com vida. Perdoável: embarcaram induzidos pelo equívoco infeliz da assessoria.

Entre todas as primeiras reportagens sobre o que poderia ter ocorrido, uma se sobressaiu e teve o veterano William Waack à frente. Durante oito minutos de tela na rede CNN Brasil, dispondo das poucas informações já até então obtidas (como a de que o avião havia se chocado com um cabo da rede de transmissão de alta tensão) e de dados do aeroporto e da geografia da região, ele traçou um dos cenários mais verossímeis do que poderia ter ocorrido. Na tela, apenas imagens de arquivo de aviões e prints do Google Earth.

Com uma segurança que poucos jornalistas teriam para explicar o caso de forma técnica sem o auxílio de algum especialista em aviação, Waack mostrou as dificuldades para um piloto pousar naquela pista pequena (1.080 metros) e cercada de morros. “Isso deixaria qualquer profissional ansioso”, deduziu. E, por fim, demonstrou com uma regra de três que o King Air com a estrela sertaneja estava em uma altitude bem mais baixa do que a recomendável no ponto da fatalidade. Enfim, uma ótima forma de provar que com o jornalismo se pode esclarecer os mais leigos.

Um detalhe faz toda a diferença para o sucesso da matéria: o jornalista, de 69 anos, é piloto desde os 54. Na época, disse ter realizado o “sonho de infância” de comandar aviões. A “aula” de William Waack está no Instagram:

2 respostas para “O “segredo” de William Waack para dar uma aula ao explicar o acidente da cantora”

  1. Avatar Lucas disse:

    Excelente vídeo. William Waack deu uma explicação que nunca vi antes por outros jornalistas. Sua experiência como piloto fez toda a diferença.

  2. Avatar João Carlos Taveira disse:

    Só há um detalhe: a pista de pouso de 1.080 metros não é pequena; esse é o tamanho de praticamente todas as pistas de pouso em nosso pais. Me parece que nos EUA tem uma com 1.300 metros. Aliás, se a aeronave se chocou com um cabo de alta tensão porque voava muito abaixo do limite, tamanho de pista nem devia ser citado como causa do acidente. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.