Euler de França Belém
Euler de França Belém

O Popular confunde Tarzan de Castro com Hugo Brockes e publica fotografia e legenda erradas

Tarzan Brockes(1)

O goiano Tarzan Castro é citado em vários livros, pois, como esquerdista, combateu o regime civil-militar. Para sobreviver, exilou-se na França. O publicitário e escritor Hugo Brockes foi torturadíssimo por militares. Como tem cabelos ruivos e é branco, alguns de seus torturadores chegaram a pensar que era estrangeiro? Na verdade, sabiam que não era estrangeiro. Na internet, na chamada para as reportagens o golpe de 1964, o “Pop” colocou a foto de Brockes, mas com uma legenda referente a Tarzan de Castro. Um, Brockes, é branco e ruivo; o outro, Tarzan, é moreno, com cabelos negros (começam a ficar brancos). São inconfundíveis — fora da redação do “Pop”.

Um capitão, de família importante de Goiás, torturou Brockes barbaramente, até deixá-lo surdo de um ouvido. No dia de seu casamento, o capitão reservou um tempo para ir ao quartel torturar o jovem.

Depois de ter se dedicado à publicidade durante anos, Brockes se dedica hoje exclusivamente à literatura. Ele está escrevendo bons romances e contos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.