Euler de França Belém
Euler de França Belém

O Hoje faz a capa plasticamente mais bonita e o Pop valoriza a bola e não os jogadores

Dos jornais goianos, o “Pop” fez a capa menos criativa e motivada na quinta-feira, 12. Pôs uma foto grande retratando uma bola gigante, mas não explicou do que se trata. O diário valoriza a “coisa”, a bola, e não o homem, o jogador. Abaixo da dobra, pôs uma fotografia de Felipão e Neymar, reforçando a ideia de que a sorte da seleção brasileira depende do jogador do Barcelona.

O “Diário da Manha”, num acesso de ufanismo, grita na capa: “Hexa [em cor verde] — 200 milhões na batalha”. Segundo o jornal, todos os brasileiros, inclusive os bebês de um dia, estão na torcida pelo “hexa”. Mas, diferentemente do “Pop”, que não valorizou os jogadores, o “DM” destacou Neymar, do Brasil, e Luka Modric, da Croácia.

“O Hoje” não fez um título dos melhores, “É a nossa Copa!”, mas sua capa, toda amarela, é a mais bonita plasticamente e divulgou uma fotografia de Neymar com Jô e Hernanes, valorizando o homem, não a bola, a coisa. A capa traz um diálogo divertido entre Felipão e Neymar. Este pergunta: “Eu vou jogar amanhã [hoje], professor?” Aquele responde: “Olha, vou ter que pensar muito”. Em seguida, Neymar diz para o técnico: “Estou pronto para fazer gols”. A percepção do editor é precisa, pois é de Neymar que se espera quase tudo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.