Euler de França Belém
Euler de França Belém

Morre o publicitário José Mário da Cunha. Ele sofreu um infarto

Ele criou a OM&B e, ao lado de Hugo Brockes, fez uma publicidade de primeira linha, que atraiu a atenção do país

Foto: reprodução

O publicitário José Mário da Cunha, fundador da agência OM&B, faleceu na madrugada de quinta-feira, 11. Ele teve um infarto. Estava internado num hospital de Goiânia.

José Mário e Hugo Brockes fizeram sucesso na publicidade de Goiás e do país com grandes sacadas (a publicidade do Café Cairo, com motivos do velho Oeste americano, é considerada como uma das mais bem-sucedidas da publicidade patropi). Hugo Brockes brilhou inclusive como ator, às vezes ao lado dos Trapalhões.

Com a crise do mercado publicitário, José Mário fechou a OM&B — havia adquirido a parte de Brockes — e abriu uma agência menor, a Inter Publicidade. Ele foi presidente do Cerne e secretário particular do governador Onofre Quinan, na década de 1980.

José Mário costumava contar que havia começado a trabalhar como vendedor de balinhas no Cine Goiânia. Ele tinha orgulho disso.

Repercussão

O publicitário Luiz Faleiro escreveu no Facebook: “Perda irreparável. Conheci e militei como mídia nos anos 80 e minha escola foi com Ailso Brás Corrêa da AB Correia Propaganda. Ambos PHDs de todos os tempos da publicidade premiada. A publicidade goiana sente sua partida”.

O jornalista Paulo Bittencourt: “Grande figura. Marcou época no mercado publicitário de Goiás”.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Flávio Almeida

José Mário da Cunha foi meu patrão na OM&B. Uma escola na arte da propaganda de varejo. Só agora soube de sua morte. Perda irreparável. Deixo o registro de minha admiração e gratidão. Perdi um amigo. Lamento muito.