Morre o jornalista José Barbacena, ex-editor de Política do Diário da Manhã

Barbacena tinha problemas renais e estava se tratando de um câncer no intestino. Não resistiu à quimioterapia

José Barbacena, jornalista | Foto: Reprodução

O jornalista José Barbacena de Oliveira Neto morreu no sábado, 14, no Hospital Santa Helena, em Goiânia, aos 34 anos. Ele era transplantado de rim e, há pouco tempo, apareceu um câncer no intestino. Ele não resistiu à quimioterapia.

José Barbacena entrevista o técnico Felipão | Foto: Reprodução

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, José Barbacena foi editor de política do jornal “Diário da Manhã”, fez cobertura esportiva (entrevistou Felipão, ex-técnico da seleção brasileira de futebol) e trabalhou na assessoria digital do ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB).

Deusmar Barreto, José Barbacena (no centro) e Alexandre Bittencourt: amigos | Foto: Reprodução

Amigos e colegas dizem que Barbacena, além de competente como jornalista, era uma pessoa doce, solidária e ética. Era um jornalista dos mais bem-informados.

Nota de pesar do prefeito Rogério Cruz

É com profundo pesar que recebo a notícia do falecimento do jovem e talentoso jornalista José Barbacena de Oliveira Neto, a quem tive oportunidade de conhecer, e que nos deixou tão precocemente no fim da manhã deste sábado (14/05).

Barbacena, como era conhecido pelos seus muitos amigos, era brilhante na profissão que ele escolheu exercer. A sua redação era elegante, impecavelmente correta e precisa. Mas esse atributo, embora fosse admirável, não era o que mais se destacava nele. Tratava-se um ser humano iluminado, generoso, diplomático, resiliente, alegre e carinhoso. Em seu curto período ao nosso lado, deixou-nos lições valiosas.

Muitos de seus companheiros de vida estão conosco, na prefeitura de Goiânia. Outros tantos estão espalhados por aí. Principalmente em Morrinhos, onde ele nasceu e cresceu. A todos, eu e a minha esposa, Thelma, manifestamos o nosso carinho e oferecemos o nosso consolo. Principalmente à família, em nome do pai, Adevandir, da mãe, Célia, e da irmã, Gabriela.

Rogério Cruz

Prefeito de Goiânia

Uma resposta para “Morre o jornalista José Barbacena, ex-editor de Política do Diário da Manhã”

  1. Avatar Osíris Ponce Leones disse:

    O mundo é cruel…um rapaz desse nível perde a vida com 36 anos…teria uma carreira brilhante! Canalhas que estão no mundo para fazer o mal…morrem com 80, 90…ainda dão trabalho até na hora de morrer! Não dá pra entender!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.