Morre filho do poeta e compositor Vinicius de Moraes

O fotógrafo, que participou do Cinema Novo, morreu aos 79 anos, em decorrência de uma bactéria

Filho do poeta, compositor e diplomata Vinicius de Moraes e da jornalista Tati de Moraes, o fotógrafo Pedro de Moraes morreu na sexta-feira, 27, aos 79 anos.

Pedro de Moraes morava na Bahia, mas havia sido levado para o Rio de Janeiro para tratamento, depois de complicações derivadas de uma bactéria. Ele estava internado na Casa de Saúde São José.

O fotógrafo deixa três filhos: Mariana, Júlia e Emílio de Moraes.

Pedro de Moraes: fotógrafo e diretor de fotografia de filmes | Foto: Léo Martins

Entre 1950 e 1970, Pedro de Moraes trabalhou em grandes eventos políticos e culturais. Sua carreira de fotógrafo começou na revista “Manchete”.

No Cinema Novo, dirigiu a fotografia de filmes de Joaquim Pedro de Andrade (“Guerra Conjugal” e “Aleijadinho”), Glauber Rocha (“A Idade da Terra) e Márcio Carneiro.

Fotografias de Pedro de Moraes foram expostas no Brasil e no exterior. O livro “O Mergulhador” reúne poemas de Vinicius de Moraes e fotos de Pedro de Moraes. No livro “Mar Mineiro”, foi parceiro do poeta Cacaso, falecido em 1987.

Direta ou indiretamente, Pedro de Moraes deu o título “Que Bom Te Ver Viva” ao filme de Lucia Murat. A obra mostra a brutalidade da tortura na ditadura instalada em 1964 e que se tornou mais cruenta entre 1968 e 1974.

Lucia Murat disse ao jornal “O Globo” que conheceu Pedro de Moraes quando “era clandestina” política, durante a ditadura. “Eu levava muito a sério o meu papel de guerrilheira e ele disse: ‘Você está fantasiada de guerrilheira, assim você vai morrer, menina’.”

Mais tarde, no lançamento do livro de Pedro Moraes com fotos sobre 1968, Lucia Murat disse: “Lembra de mim, Pedro? Eu não morri”. Na dedicatória do livro, o fotógrafo escreveu: “Que bom de te ver viva”. Pronto: estava definido o título do filme.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.