Euler de França Belém
Euler de França Belém

Morre Armênio Guedes, jornalista que foi um dos grandes quadros políticos intelectuais do PCB

O jornalista baiano Armênio Guedes morreu na quinta-feira, 12, aos 96 anos, em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

Armênio Guedes foi dirigente do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e um de seus quadros intelectualmente mais bem preparados. Raro num comunista: era democrata, portanto contra a luta armada.

Exilado no Chile e na França, Armênio Guedes, ao voltar ao Brasil, trabalhou na revista “IstoÉ” e no jornal “Gazeta Mercantil”.

Deixe um comentário