Euler de França Belém
Euler de França Belém

Lula da Silva diz que relação com George W. Bush era “muito boa”

“Muita gente estranha quando eu digo isso, mas eu tive uma relação muito boa com Bush. Nós estivemos perto de construir uma parceria estratégica”, admite Lula

Lula da Silva e George W. Bush

Com Lula da Silva na Pre­sidência da República, o governo de George W. Bush pôde verificar se haveria harmonia ou não com o gestor petista. “Em temas substantivos, Planalto e Casa Branca concordavam pouco. [Condole­ezza] Rice pedia a [José] Dirceu que o Brasil pressionasse [Hugo] Chávez e o regime cubano. O ministro-chefe da Casa Civil confidenciava a ela que Lula tinha pouca paciência com Chávez, negando-se, às vezes, a atender-lhe os telefonemas. Reconhecia a falta de liberdade em Cuba e confessava a cautela do Planalto em relação ao recém-iniciado governo Kirchner [na Argentina]: ‘Eles não têm um plano para tirar o país da bancarrota’. Mas José Dirceu dizia que pressionar os vizinhos estava fora de cogitação — na ótica do governo brasileiro, seria contraproducente”, escreve Matias Spektor.

Condoleezza Rice publicou uma crítica cáustica a Hugo Chávez, àquilo que chamava de “abusos” antidemocráticos, e Lula, tomando as dores do aliado, decidiu protestar. Ao saber que Lula pretendia ligar para Bush, Celso Amorim recomendou cautela: “Presidente, em diplomacia um chefe de Estado não liga para outro fazendo uma reclamação dessa natureza, que gera um constrangimento enorme”. Lula ligou assim mesmo: “Se vocês querem tranquilidade na Vene­zuela, eu estou disposto a ajudar. Agora, cada vez que a Con­doleezza bate no Chávez, ele tem um bom pretexto para fazer uma passeata contra vocês!” Bush ouviu e “os artigos de Rice cessaram”. Ao contrário do que se costuma pensar, as relações de Lula e Bush eram relativamente positivas. “Muita gente estranha quando eu digo isso, mas eu tive uma relação muito boa com Bush. Nós estivemos perto de construir uma parceria estratégica”, admite Lula.

*Leia mais
Hugo Chávez chamava Fernando Henrique Cardoso de “mi maestro”
George W. Bush gostava mais de Lula da Silva de que de Fernando Henrique Cardoso
Livro revela que Fernando Henrique ajudou Lula a se aproximar do presidente George Bush

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.