Euler de França Belém
Euler de França Belém

Livro resgata um erro jornalístico gigante, o da Escola Base

Uma denúncia sem provas provocou estardalhaço na imprensa e destruiu a vida de várias pessoas

Ricardo Shimada, cuja família foi prejudicada no caso da Escola Base

O jornalista Emílio Coutinho e Ricardo Shimada vão lançar, este ano, o livro “O Filho da Injustiça”. Trata-se de uma obra sobre o caso da Escola Base, em São Paulo, que é visto como um dos maiores erros tanto da polícia quanto da imprensa. Emílio Coutinho é autor da obra “Escola Base — Onde e Como Estão os Protagonistas do Maior Crime da Imprensa Brasileira”. Em 1994, há 25 anos, o casal que era dono da escola e mais quatro pessoas, acusadas de abuso sexual por duas mães — por falta de provas, o inquérito teve de ser arquivado —, tiveram suas vidas destroçadas”.

“Meu desejo não é apenas relatar os acontecimentos que marcaram a minha vida, mas, acima de tudo, poder influenciar de forma positiva as pessoas que lerem esses escritos”, afirma Ricardo Shimada.

Emílio Coutinho especializado na história da Escola Base

O Portal Imprensa entrevistou Emílio Coutinho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.