Euler de França Belém
Euler de França Belém

Livro homenageia centenário de Roberto Campos com ensaios de qualidade

Um dos mais importantes economistas liberais do Brasil, Robarchev é examinado por Ives Gandra, Paulo Rabello de Castro, Gustavo Franco, Irapuan Costa Junior, Roberto Macedo e Armínio Fraga

Livro com ensaios de vários estudiosos mostra a importância de Roberto Campos para o Brasil

O livro “Lanterna na Proa — Roberto Campos: Ano 100” (Resistência Cultural, 342 páginas), organizado por Ives Gandra da Silva Martins e Paulo Rabello de Castro e editado por José Lorêdo Filho, é tão bom que o leitor certamente perdoará o tom laudatório de alguns ensaios. Até porque os elogios ao economista são verdadeiros. Suas ideias liberais estão vivas e, sobretudo, são vencedoras. Não à toa, o intelectual que deu norte ao governo do presidente Castello Branco, depois de ter sido chamado pela esquerda de Bob Fields — dada uma suposta “lealdade” aos americanos —, dizia, com sua inteligência fina, que deveria passar a ser chamado de Robarchev.

Minha primeira reação, ao ver o livro, foi: “Lançaram uma edição condensada de ‘Lanterna na Popa’, as memórias de Roberto Campos”. Ao observar detidamente, percebi que, no lugar de “Popa”, estava escrito “Proa”. O livro é uma homenagem ao notável economista no ano de seu centenário de nascimento. Vários autores gabaritados escrevem no livro. Alguns deles: Ives Gandra, Paulo Rabello de Castro, Irapuan Costa Junior, Roberto Teixeira da Costa, Roberto Macedo (seu texto “BNH — Um sonho realizado que outros destruíram” é muito bom), Rogério de Souza Farias, Paulo Roberto de Almeida, Ricardo Vélez Rodríguez, Gustavo Loyola (“Banco Central: invenção da dupla Campos/Bulhões” é um texto esclarecedor sobre o papel crucial do economista na criação da instituição), Gustavo Franco (“A atualidade das leis de Kafka” merece ser lido com atenção), Rossini Corrêa, Alex Catharino, Marcos Cintra, Armínio Fraga, Rubens Barbosa, Rodrigo Constantino.

O livro foi posto de pé graças ao empenho do competente e corajoso editor José Lorêdo Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.