Euler de França Belém
Euler de França Belém

Livro explica como e por quê mataram Celso Daniel, o prefeito de Sandro André

Reprodução

Reprodução

Há um crime que se recusa a calar-se: o assassinato de Celso Daniel, prefeito de Santo André, município da Grande São Paulo. A imprensa contou-a de diversas maneiras, mas o caso não está devidamente esclarecido. Quem matou o político do PT e por quê? O livro “Celso Daniel — Política, Corrupção e Morte no Coração do PT” (Record, 238 páginas), do jornalista Silvio Navarro, apresenta algumas respostas.

É provável que o começo do declínio do PT tenha começado, não com a corrupção da Petrobrás — aí talvez resida a pá de cal —, e sim com o assassinato de Celso Daniel. A impressão que se tem é que o PT nunca quis o caso devidamente esclarecido. Impressão? Talvez não seja a palavra adequada.

Release da editora sintetiza a história contada pelo repórter:: “O livro revela detalhes sobre o assassinato de Celso Daniel. Mito político-policial. Tabu entre as forças de investigação. Pauta jamais superada na imprensa. Permanente perturbação na cabeça de homens poderosos, de partido poderoso. Este mistério perfeito e digno da melhor literatura de suspense é, no entanto, uma trama real. Nenhum crime brasileiro recente mobilizou mais o imaginário popular que o assassinato de Celso Daniel, prefeito petista da cidade de Santo André, em janeiro 2002 — mesmo ano em que Luiz Inácio Lula da Silva seria eleito presidente da República. Quase quinze anos depois, Silvio Navarro reconstrói, em detalhes, a sofisticada máquina de desvio de recursos públicos e expõe as bases operacionais do que seriam, em escala nacional, mensalão e petróleo. Resultado de uma apuração de fôlego, Celso Daniel é uma reportagem em ritmo de thriller”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.