Euler de França Belém
Euler de França Belém

Lista dos 100 mais influentes do mundo da revista Time é a piada das piadas

[Reese Witherspoon: na fantasia da Time, é uma mulher muito influente]

Dizer que o mundo já foi melhor talvez seja vício ou patologia dos nostálgicos. Mas não é estupidade, para usar uma palavra “de” Mário de Andrade, sublinhar que, há algum tempo, na lista de mais influentes iriam aparecer Winston Churchill, Stálin (inescapável), Franklin Roosevelt, Charles de Gaulle, Marcel Proust, James Joyce e Thomas Mann. Do Brasil, de maneira incontestável, seriam citados Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, Machado de Assis, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade e Clarice Lispector. Pois bem: o mundo mudou — quem sabe, para pior. A revista “Time”, dos Estados Unidos, publicou na quinta-feira, 16, a lista das 100 pessoas mais influentes da Terra.

[Gabriel Medina, surfista, precisa aproveitar logo seus 15 minutos de fama]

O empresário Jorge Paulo Lemann, homem mais rico do Brasil e um dos mais ricos do mundo, está na lista dos mais influentes. Difícil discordar, porque se trata de um empresário que saiu de um país ainda tido como periférico, embora seja a sétima maior economia global, e conquistou o mercado internacional. Porém, apontar o surfista Gabriel Medina entre os mais influentes — é mais apropriado apresentá-lo como um dos mais famosos, uma celebridade — é duvidar da inteligência das pessoas. O tubarão das águas é um craque do surfe, mas só. O que ele de fato influencia? Ah, as revistas e jornais abrem amplo espaço para explicá-lo e acolhem suas “ideias”. Mondo cane.

Lemann e Medina são os únicos brasileiros da lista. O cantor Kanye West — Frank Sinatra acaba de sair do túmulo para surrar os “eleitores” da “Time” — e a atriz Reese Witherspoon (do túmulo Marlon Brando manda avisar que já reencarnou em Vito Corleone para “pegar” os eleitores da “Time”) aparecem entre os mais influentes. É provável que, se perguntados a respeito, dirão: “Não sabemos o que está acontecendo”.

O czar da Rússia, Valdimir “Kontora” Putin, e Angela Merkel, a chefona da Alemanha, são de fato influentes. Só perdem em influência para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O premiê grego Alexis Tsipras não teve tempo para ser influente, mas já aparece na lista. Talvez seja mais importante ou influente do que Aristóteles — na perspectiva atual. Elizabeth Warren, senadora democrata, é listada. É provável que 99% das pessoas do mundo — e pelo menos 69% dos norte-americanos — não saibam de quem se trata.

Ah, sim, o economista francês Thomas Piketty, autor de “O Capital no Século XXI”, e o papa Francisco aparecem na lista. Menos mal. O papa Francisco, ao lado de Barack Obama, talvez seja o homem mais influente do mundo.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Adalberto De Queiroz

Come on!