Justiça de São Paulo bloqueia contas de Galvão Bueno, narrador esportivo da Globo

O fundo de investimentos Leste Credit alega que emprestou 1,6 milhão de reais para uma empresa da estrela global e só recebeu parte da dívida

A Justiça bloqueou as contas bancárias do narrador esportivo Galvão Bueno, narrador esportivo da TV Globo. Sua empresa Virtual Promoções Participações, avalizada por Galvão Bueno, tem um débito de 1,3 milhão de reais com o fundo de investimentos Leste Credit.

Havia sido feito um acordo, e a empresa de Galvão pagaria o débito ao Leste Credit em duas parcelas — o que não foi feito. Daí a decisão do juiz Rodrigo Galvão Medina, da 9ª Vara Civil de São Paulo. Mesmo o Fundo tendo concedido um desconto de 421 mil reais, a dívida não foi paga. Segundo o jornal “O Dia”, apesar do bloqueio de 1,3 milhão de reais, “o valor em aberto estaria em cerca de 760 mil reais”.

Galvão Bueno: narrador esportivo a TV Globo | Foto: Reprodução

A Justiça apurou que as contas de Galvão Bueno continham 1,4 milhão de reais. A Justiça bloqueou também 90 mil reais na conta de Desirée, mulher de apresentador da Globo. Na conta da Virtual Promoções a Justiça encontrou apenas 26 reais.

Galvão Bueno chegou a pagar 600 mil reais da dívida. Restaram duas parcelas de 121 mil reais (242 mil reais). Porém, como não foram pagas, o fundo de investimento recorreu à Justiça cobrando o valor total da dívida, 1,3 milhão de reais, com os acréscimos pelo atraso do pagamento. Inicialmente, o valor do financiamento era de 1,6 milhão de reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.