Euler de França Belém
Euler de França Belém

Júnior Cigano foi nocauteado porque Stipe Miocic lutou como se fosse Cain Velásquez

O “método” de Cain Velásquez — pressionar o tempo inteiro desde o início da luta — sempre funciona contra o lutador brasileiro

Por que Júnior Cigano perdeu no primeiro round, por nocaute, para Stipe Miocic? A resposta é a de sempre: o americano de origem croata lutou melhor. Mas não explica tudo.

Júnior Cigano parece em forma (não teve tempo de exibi-la) e motivado. Mas teria lhe faltado garra? É possível. Mas a questão-chave pode ser outra. Qual?

Stipe Miocic, para entender o oponente, deve ter visto e revisto as três lutas, sobretudo as duas últimas, de Júnior Cigano e Cain Velázques. Tais batalhas, se batalhas foram, explicam a principal vulnerabilidade do brasileiro. Qual?

Na primeira luta contra Júnior Cigano, Stipe Miocic não lutou mal — minha impressão amadora, contrária à posição dos sábios que escolhem o vencedor, é que o americano ganhou —, mas não explorou o principal ponto fraco do gigante da terra de Machado de Assis, Graciliano Ramos e Guimarães Rosa. Como assim?

Cain Velásquez percebeu que, para vencer Júnior Cigano, é preciso encantoá-lo, impedindo que reaja, que fique no ataque. Sob bombardeio constante, o brasileiro não consegue reagir e se torna uma presa relativamene fácil. O seu boxe “desaparece” e, frise-se que pode ser impressão, ele desespera-se.

Pois Stipe Miocic, que tende a perder para Cain Velásquez, acolheu o método deste e partiu para o ataque, desde o primeiro segundo da luta, e nocauteou Júnior Cigano no primeiro round. É isso, diria Daniil Kharms.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.