Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornalista Wandell Seixas é agredido na garagem do edifício no qual reside

O jornalista Wandell Seixas, uma pessoa pacífica e um profissional sério e competente, foi agredido fisicamente por um homem de prenome Coriolano

O relato de Wandell Seixas

“Fui violentamente agredido com um soco na boca e arranhões no braço esquerdo hoje por volta das 12,30 horas. O ato covarde e traiçoeiro se deu na garagem do prédio onde moro. Um tal de Coriolano (que a família esconde o nome completo) estacionou o veículo GM Astra, cor preta, de Goiânia, em local proibido no estacionamento do prédio. Como não dispunha de espaço para manobras para dirigir à minha estreita garagem na entrada acionei a portaria. O cara desceu do quarto andar espumando raiva por todos os poros. Eu que devia estar bufando, mantive os nervos no lugar. Ao questioná-lo, achou ruim e mais parecia um touro na arena.

“Quando tudo parecia terminado, com a turma do prédio tentando apaziguar os ânimos, recebo um baita de um soco inesperado. Apesar de gelo na boca, o sangue continua correndo e uma dor de cabeça, talvez decorrente do forte atropelo emocional. O BO foi registrado, comparecimento ao IML, agora é aguardar o andamento do processo. Não pode ficar assim. Sou uma pessoa humana, sempre exercendo um papel merecedor de crédito junto ao seu próximo. Um profissional que prima pela justiça, a moral e os bons costumes. Onde passei como jornalista tenho procurado dignificar a categoria. Se alguém consultar o Google verá que meus trabalhos, sobretudo em prol do agronegócio, são relevantes e ocupam umas dez páginas. Motivo fútil não caberia nem comporta um ato de violência física.”

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
wandell seixas

Ao agradecer a manifestação de solidariedade de centenas de amigos, companheiros jornalistas, pessoas que nem conheço direito, gente do povão, políticos, militares,entre outros, informo que a audiência da agressão que sofri está marcada para a próxima segunda-feira, 23, às 15 horas, na sede do 8º Distrito Policial, no Setor Pedro Ludovico.