Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornalista que matou psiquiatra é condenado a 40 anos de prisão

Eduardo Madureira havia sido paciente de Eduardo Guenka

Eduardo Marcone Madureira, o jornalista que matou o psiquiatra Eduardo Guenka | Foto: Adriana Souza

A Justiça de São Paulo condenou na terça-feira, 22, o jornalista Eduardo Marcone Madureira a 40 anos de prisão, nove meses e 18 dias pela morte do psiquiatra Eduardo Guenka.

Em 9 de junho de 2014, Eduardo Madureira matou o psiquiatra quando ele estava na garagem de sua residência, em Sorocaba, no interior de São Paulo. A polícia afirma que o jornalista havia sido tratado por Eduardo Guenka e teria “transtornos mentais”.

O jornalista, além de matar o psiquiatra, feriu seu filho e a nora.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Carlos Spindula

Tem que cumprir esses 40 anos preso, pra servir de exemplo, castigar (Justica eh o contrario da Impunidade) e livrar a sociedade de uma pessoa perigosa como essa. So assim outros pensarao muito se vale a pena fazer algo assim por motivos futeis ou nao. Chega de politicamente correto e deusificacao de quem ameaca a sociedade !